segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Espera!




Como pode dois seres se quererem tanto e mesmo assim continuarem separados?
Você estava lá, com ela...não havia um sorriso no seu rosto, nem nenhuma ternura no seu abraço, mas ainda assim permacia ao lado dela, seus olhares de "rabo de olho" me deixaram intrigadas, como sempre me deixam, ela tentou um abraço, você se esquivou e eu continuei sentanda em minha mesa tomando minha bebida e fingindo que não via o que acontecia com vocês! Eu queria ter coragem de levantar dalí e dizer: vem agora....vem sem medo!!! Mas como todas as vezes eu permaneci parada, anestesiada diante do seu olhar. Eu sei que nesse dia vocês brigaram, levou-a embora e voltou com o mesmo olhar paralisante que sempre me lança. Você tem todas as qualidades que desejo em um homem, e todos os defeitos também....é a pessoa mais talentosa que conheço e em contrapartida a mais orgulhosa....sei que anda por aí perguntando de minha vida, sabendo de minhas histórias. E afinal, estou eu sempre envolvida em novas histórias para ver se encontro pelo menos uma que se pareça com a nossa, ainda não encontrei, aí fico vivendo um novo todos os dias...desejando mesmo era o velho...era o que passou.
Eu ainda sonho com o dia que teremos uma chance, ou que nos daremos uma chance!
O dia em que a lua vai ser a mais brilhante, que o seu sorriso vai ser só pra mim, e que seu abraço vai me envolver e me fazer apagar todas as tristezas que tenho longe de você!
Isso pode acontecer hoje, amanhã, mês que vem, daqui 10 anos....eu permanecerei a esperar.....porque sei que me esperas também!

Nenhum comentário:

Postar um comentário