quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011





e como queria!!!! =/

Conto de fadas para mulheres do séc. XXI




Era uma vez uma linda moça que perguntou a um lindo rapaz:
- Você quer casar comigo?

Ele respondeu:
- NÃO!

E a moça viveu feliz para sempre, foi viajar, fez compras, conheceu muitos outros rapazes, visitou muitos lugares, foi morar na praia, comprou outro carro, mobiliou sua casa, sempre estava sorrindo e de bom humor, nunca lhe faltava nada, bebia cerveja com as amigas sempre que estava com vontade e ninguém mandava nela. O rapaz ficou barrigudo, careca, o pinto caiu, a bunda murchou, ficou sozinho e pobre, pois não se constrói nada sem uma MULHER.

(Luís Fernando Veríssimo)


kkkkk.....mandou bem Luís Fernando!!!!

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Eu quero........



QUERO DIVIDIR HISTÓRIAS.....quero chocolate...e flores, sem motivo....quero sorvete (diet pra diabetes não encher o saco) no domingo a tarde....quero assistir tv abraçadinho até enjoar....quero fotos, com caretas, com charmes, com poses, em preto e branco e em colorido.....em bem colorido.....quero sorrisos....mensagens no celular de madrugada....depoimentos no orkut (cafona??? ah mas agora nesse momento eu quero)....quero andar de bicicleta no fim da tarde, coisa que adoro, mas que faço pouco por não ter uma companhia, uma motivação!.....Quero desenhar coraçõezinhos num papel sem nem perceber....quero agrado, chamego, carinho.....!...Quero amar...quero amor....quero companhia pra assistir o jogo de quarta a noite....mesmo que a gente torça pra times contrários.....quero ficar abraçada na avenida sábado a noite....rsrsrs (essa coisa é importante aqui em Amambai!)......QUERO DIVIDIR HISTÓRIAS.....quero planos pra daqui 2 anos....quero planos pra daqui dois dias....quero coisas inusitadas e sem planos....quero churrasquinho com os amigos....quero fazer a comida preferida.....quero comer pizza em plena terça a noite e depois rir junto do arrependimento inevitável...quero ciúmes bobo pra ter reconciliação no minuto seguinte....quero saudade depois de apenas um dia sem se ver....quero trilha sonora "nossa"....quero conversas intermináveis sobre assuntos dos mais diversos.....quero noites intermináveis de sexo.....QUERO DIVIDIR HISTÓRIAS!

#Dia do Fundador!


Fundador do maior movimento de jovens da História da Humanidade, o Escotismo. Nasceu em Londres em 22 de fevereiro de 1857, sendo o mais novo dos irmãos. Teve uma infância alegre e divertida. Desde menino, Baden Powell aprendeu em caminhadas e excursões a cuidar de si mesmo e ter confiança em suas habilidades. Estudou em escolas públicas, onde foi estudante ativo. Em 1876 passou nos exames de admissão do Exército e foi servir no 13° Regimento de Hussardos, na Índia. Graças a sua competência, honestidade e espírito de liderança, fez carreira militar brilhante. Participou de algumas guerras, como a Guerra do Transvaal em 1889 onde comandou a guarnição de Mafeking. Como havia poucos soldados regulares em Mafeking, Baden Powell treinou alguns cidadãos e teve que organizar um grupo de jovens cadetes, adolescentes que desenvolviam atividades de apoio como cozinhar, lavar, entregar mensagens e primeiros socorros. Esse evento foi importante na concepção de Baden Powell em criar mais tarde o Movimento Escoteiro. Graças aos seus feitos patrióticos, tornou-se herói na Inglaterra e numa de suas viagens de volta viu alguns meninos usando em suas brincadeiras um livro que ele havia escrito para exploradores do Exército, que continha informações de acampamentos e sobrevivência na selva. Entusiasmado, realizou em 1907 um acampamento com 20 jovens na Ilha de Brownsea, onde ensinou várias coisas importantes. Devido ao bom resultado desse acampamento, Baden Powell começou a escrever o livro: “Escotismo para Rapazes”, que inicialmente foi vendido em fascículos. O sucesso do livro foi tão grande que BP resolveu organizar um movimento de jovens espalhados pelo mundo, com ênfase na vida coletiva e bucólica, e daí surgiu de fato o escotismo. Rapidamente o movimento se espalhou pelo mundo e congregou vários jovens, envolvidos pelo lema: “ Deus, Pátria e Próximo”. Em 1920 foi realizado em Londres um grande acampamento com escoteiros de várias nacionalidades. Nesse acampamento, chamado de Jamboree, BP foi aclamado Escoteiro Chefe Mundial.
Depois de vários anos de dedicação ao Escotismo, viajando pelo mundo e fundando Associações Escoteiras, BP sentiu suas forças declinarem. Retirou-se então para uma propriedade que possui no Quênia, em Nairobi, na África. Ali, na compania da esposa, dividia o tempo entre a pintura, a numerosa correspondência e a visita de amigos. Faleceu na madrugada de 8 de janeiro de 1941, enquanto dormia. Fica para nós o exemplo do grande idealista que tentou congregar todos os jovens do mundo num objetivo de paz, fraternidade e cooperação.


Carta que BP escreveu como forma de despedida:
"Escoteiros: Se porventura vocês tiverem visto a peça "Peter Pan", deverão estar lembrados de que o chefe-pirata estava sempre fazendo o seu "discurso de moribundo", porque receava que, possivelmente, quando chegasse a hora de ele morrer, não tivesse mais tempo para dizer tais coisas.
Acontece quase a mesma coisa comigo e, assim, e embora neste momento eu não esteja morrendo - qualquer dia destes eu morrerei - , quero enviar a vocês uma palavra de despedida. Lembrem-se de que será a última vez que vocês ouvirão minhas palavras. Portanto, pensem bem nelas. Eu tenho tido uma vida muito feliz e quero que cada um de vocês também tenha uma vida feliz. Acredito que Deus nos colocou neste mundo alegre para que sejamos felizes e para gozarmos a vida. A felicidade não provém do fato de ser rico, nem meramente de ter sido bem sucedido na carreira; e, tampouco, de sermos indulgentes para com nós mesmos. Um passo na direcção da felicidade é o de tornar-se saudável e forte enquanto se é ainda um jovem, de sorte que possa vir a ser útil e, dest'arte, gozar a vida quando for homem.
O estudo da natureza mostrará a vocês quão repleto de coisas belas e maravilhosas Deus fez o mundo para vocês gozarem. Alegrem-se com o que receberam e façam bom proveito disso. Olhem para o lado brilhante das coisas, ao invés do lado sombrio delas. Contudo, a melhor maneira de obter felicidade é proporcionar felicidade à outras pessoas. Tentem deixar este mundo um pouco melhor do que o encontraram e, quando chegar a vez de morrerem, possam morrer felizes com o sentimento de que, pelo menos, não desperdiçaram o tempo, mas sim fizeram o melhor que puderam. Estejam preparados, desta maneira, para viverem e morrerem felizes, sempre fiéis à Promessa Escoteira de vocês, até mesmo depois que deixarem de ser jovens - e que Deus os ajude a cumpri-la. Vosso amigo, Baden-Powell."

A vida que pedi a Deus... :




Se fosse feita uma enquete nas ruas com a pergunta VOCÊ TEM A VIDA QUE PEDIU A DEUS?, a maioria responderia com um sonoro quá quá quá. Lógico que alguém desempregado, doente ou que tenha sido vítima de uma tragédia pessoal não estará muito entusiasmado. Mas mesmo os que teriam motivos para estar - aqueles que possuem emprego, saúde e alguma relação afetiva, que é considerada a tríade da felicidade - também não têm achado muita graça na vida.

O mundo é habitado por pessoas frustradas com o próprio trabalho, pessoas que não estão satisfeitas com o relacionamento que construíram, pessoas saudosas de velhos amores, pessoas que gostariam de estar morando em outro lugar, pessoas que se julgam injustiçadas pelo destino, pessoas que não aguentam mais viver com o dinheiro contado, pessoas que gostariam de ter uma vida social mais agitada, pessoas que prefeririam ter um corpo mais em forma, enfim, os exemplos se amontoam. Se formos espiar pelo buraco da fechadura de cada um, descobriremos que estão todos relativamente bem, mas poderiam estar melhor.

Por que não estão? Ora, a culpa é do governo, do Papa, da sociedade, do capitalismo, da mídia, do inferno zodiacal, dos carboidratos, dos hormônios e demais bodes expiatórios dos nossos infernizantes dilemas. A culpa é de tudo e de todos, menos nossa.

Um amigo meu, psiquiatra, costuma dizer uma frase atordoante. Ele acredita que todas as pessoas possuem a vida que desejam. Podem até não estar satisfeitas, mas vivem exatamente do jeito que acham que devem. Ninguém as força a nada, nem o governo, nem o Papa, nem a mídia. A gente tem a vida que pediu, sim. Se ela não está boa, quem nos impede de buscar outras opções? Quase subo pelas paredes quando entro neste papo com ele porque respeito muito as fraquezas humanas. Sei como é difícil interromper uma trajetória de anos e arriscar-se no desconhecido.

Reconheço os diversos fatores - família, amigos, opinião alheia - que nos conduzem ao acomodamento.Por outro lado, sei que este meu amigo está certo.

SOMOS OS ROTEIRISTAS DA NOSSA PRÓPRIA HISTÓRIA, podemos dar o final que quisermos para nossas cenas. Mas temos que querer de verdade. Querer pra valer. É este o esforço que nos falta.A mulher que diz que adoraria se separar mas não o faz por causa dos filhos, no fundo não quer se separar. O homem que diz que adoraria ganhar a vida em outra atividade, mas já não é jovem para experimentar, no fundo não quer tentar mais nada.É lá no fundo que estão as razões verdadeiras que levam as pessoas a mudarem ou a manterem as coisas como estão. É lá no fundo que os desejos e as necessidades se confrontam. Em vez de nos queixarmos, ganharíamos mais se nadássemos até lá embaixo para trazer a verdade à tona. E então deixar de sofrer!...

MARTHA MEDEIROS